Pular para o conteúdo

Virna Patusco

Disfunção Temporomandibular (DTM) e Dor Orofacial / Bruxismo

Assista ao vídeo para entender melhor o que é ATM e o que é DTM

Normalmente a causa não é única, mas multifatorial, podendo ser:

  • fatores fisiológicos, como anatomia;
  • fatores sistêmicos, como doenças reumatológicas;
  • fatores genéticos;
  • traumas;
  • fatores psicossociais, como ansiedade e estresse;
  • hábitos parafuncionais como o bruxismo, entre outros
  • Mudança na mordida de forma súbita
  • Dificuldade de abrir e/ou fechar a boca
  • Travamento da boca
  • Dor e/ou cansaço nos músculos da face
  • Dificuldade de mastigar                                                            http://virnapatusco.com.br/wp-content/uploads/2020/07/dtm2-300x286.jpg
  • Estalos e/ou sensação de areia (folha seca) no ouvido
  • Dor, zumbido e/ou sensação de pressão no ouvido
  • Vertigem
  • Dor de cabeça
  • Dor na face
  • Dor de dente
  • Dor cervical
  • Quebra, desgastes e/ou trincas de dentes e/ou restaurações

Muitas vezes o tratamento é multidisciplinar

Tratamentos realizados pelo dentista:

Higiene do sono

Autocuidados, terapia cognitiva, mudanças de hábitos e comportamentos

Exercícios mandibulares

Terapia térmica e massoterapia

Terapia medicamentosa

Agulhamento seco

Toxina botulinica

Infiltrações na articulação

Placas oclusais

Biofeedback

Laserterapia

Artrocentese

Artroscopia

Cirurgias abertas

   Dor Orofacial, por definição, é toda dor associada a tecidos moles e mineralizados (pele, vasos sanguíneos, ossos, dentes, glândulas ou músculos) da cavidade oral e da face.

Captura de tela_2020-09-23_20-29-18

   

    A condição mais frequente é a Disfunção Temporomandibular (DTM) (explicada acima). Outras condições são: Neuralgia do Trigêmeo, Síndrome da Ardência Bucal, Odontalgia Atípica (Dente fantasma), Neuralgia do Auriculotemporal, etc. (veja conteúdo no blog)

Normalmente a causa não é única, mas multifatorial, podendo ser:

  • fatores fisiológicos, como anatomia;
  • fatores sistêmicos, como doenças reumatológicas;
  • fatores genéticos;
  • traumas;
  • fatores psicossociais, como ansiedade e estresse;
  • hábitos parafuncionais como o bruxismo, entre outros

http://virnapatusco.com.br/wp-content/uploads/2020/07/dtm2-300x286.jpg

  • Mudança na mordida de forma súbita
  • Dificuldade de abrir e/ou fechar a boca
  • Travamento da boca
  • Dor e/ou cansaço nos músculos da face
  • Dificuldade de mastigar
  • Estalos e/ou sensação de areia (folha seca) no ouvido
  • Dor, zumbido e/ou sensação de pressão no ouvido
  • Vertigem
  • Dor de cabeça
  • Dor na face
  • Dor de dente
  • Dor cervical
  • Quebra, desgastes e/ou trincas de dentes e/ou restaurações

Muitas vezes o tratamento é multidisciplinar

Tratamentos realizados pelo dentista:

Higiene do sono

Autocuidados, terapia cognitiva, mudanças de hábitos e comportamentos

Exercícios mandibulares

Terapia térmica e massoterapia

Terapia medicamentosa

Agulhamento seco

Toxina botulinica

Infiltrações na articulação

Placas oclusais

Biofeedback

Laserterapia

Artrocentese

Artroscopia

Cirurgias abertas

   Dor Orofacial, por definição, é toda dor associada a tecidos moles e mineralizados (pele, vasos sanguíneos, ossos, dentes, glândulas ou músculos) da cavidade oral e da face.

Captura de tela_2020-09-23_20-29-18

    A condição mais frequente é a Disfunção Temporomandibular (DTM) (explicada acima). Outras condições são: Neuralgia do Trigêmeo, Síndrome da Ardência Bucal, Odontalgia Atípica (Dente fantasma), Neuralgia do Auriculotemporal, etc. (veja conteúdo no blog)